Postagem

Panorama Abravidro 2016

  • 25/05/2016
  • Alessandro Alencar
  • 316 acessos
  • 0 comentários
  • Notícia
A Abravidro acaba de lançar em versão digital o Panorama Abravidro 2016. O estudo anual chega à sua quinta edição e é o único no Brasil a trazer um retrato econômico e produtivo do Setor Vidreiro

‘Panorama Abravidro 2016’: estudo econômico já está disponível para leitura A Abravidro acaba de lançar em versão digital o Panorama Abravidro 2016, que pode ser lido aqui. O estudo anual chega à sua quinta edição e é o único no Brasil a trazer um retrato econômico e produtivo do setor vidreiro, incluindo informações sobre indústrias de transformação confrontadas com dados oficiais do Governo e também com os cedidos pela indústria de base. Os números revelados nesta edição do estudo, referentes ao ano de 2015, traduzem o momento de baixa atividade econômica vivida pelo País. O consumo aparente de vidros planos, por exemplo, caiu 9,9% — fato inédito desde que a Abravidro iniciou esse monitoramento. “Ainda que o conceito de consumo aparente não pondere as variações de estoque, concluímos que retrocedemos aos patamares de três anos atrás”, comenta o presidente da entidade, Alexandre Pestana, em editorial presente no Panorama. Por outro lado, a participação de mercado dos vidros processados não automotivos teve uma queda menor do que a média do setor — apenas 5,9%. Isso demonstra que o consumidor está atento aos produtos de valor agregado, que geram mais segurança e eficiência. De 2009 a 2015, a participação do mercado desses tipos de vidros cresceu de 51% para os atuais 57%. “Acredito que o mercado deva continuar nessa mesma tendência. Com todos os avanços, um terço de todo o vidro no Brasil ainda é aplicado sem algum tipo de processamento, ou seja, sem qualquer benefício extra”, revela Pestana. “Crises são passageiras e inerentes ao capitalismo, principalmente em países em desenvolvimento como o nosso. Cabe a nós encontrarmos boas estratégias para explorá-lo”. O Panorama Abravidro 2016 traz ainda outras informações, como a capacidade nominal de produção de vidros planos no País, o faturamento e consumo total de vidros processados, dados da balança comercial, o número de empregos gerados pela indústria de transformação e as expectativas dos empresários para 2016. Não deixe de ler esse estudo que é essencial para o planejamento do seu negócio. Leia a versão digital do Panorama Abravidro aqui. A versão impressa será distribuída encartada na edição de maio de O Vidroplano (nº 521). Como é feito o ‘Panorama Abravidro’ O único estudo sobre a performance do setor de vidros planos no Brasil contou com a participação de 68 indústrias transformadoras, que responderam a pesquisa online. Juntas, essas empresas representam a expressiva fatia de 28% do mercado de processamento de vidros do País. Mais uma vez, o trabalho foi elaborado pela GPM Consultoria Econômica, responsável por reunir as informações e compará-las com outras fontes: a Pesquisa industrial anual (PIA), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE); os números de importação e exportação do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC); e também declarações das usinas de base à revista O Vidroplano. Os economistas envolvidos assinaram compromisso de confidencialidade registrado em cartório, garantindo que as respostas dos participantes jamais seriam divulgadas de forma individual, nem mesmo junto à Abravidro.

Leia mais sobre o assunto em http://abravidro.org.br/punoticias/leia-agora-o-panorama-abravidro-2016-com-dados-economicos-do-setor/ - Todos direitos são reservados à Associação Brasileira de Distribuidores e Processadores de Vidros Planos - Abravidro. Este material não pode ser publicado sem os devidos créditos.

Panorama Abravidro

Fonte: http://abravidro.org.br